A prevenção de doenças está nas suas mãos

Nunca se falou tanto da importância de higienizar as mãos quanto agora na atual pandemia da Covid-19.

Nossas mãos estão em quase tudo o que fazemos e elas carregam diversos micro-organismos na digital e debaixo das unhas. Por isso são consideradas um dos maiores meios de transporte e transmissão de infecções e bactérias.

No cotidiano de qualquer pessoa, existem diversos momentos em que se torna obrigatório higienizar as mãos. Alguns deles são:

– Antes, durante e depois de preparar alimentos;

– Antes e depois de tocar numa pessoa doente;

– Depois de lidar com o lixo;

– Antes e depois das refeições;

– Depois de ir ao banheiro;

– Antes e depois de tratar algum ferimento ou machucado;

– Depois de coçar ou assoar o nariz;

– Depois de alimentar, limpar e tocar um animal (ou seus objetos);

– Antes de tocar em qualquer coisa que vá à boca de um bebê;

– Depois de trocar fraldas ou ajudar uma criança a se limpar;

– Antes e depois de entrar no quarto de um paciente no hospital.

Para prevenir efetivamente a contaminação através das mãos, é preciso higienizá-las com frequência e da maneira correta.

Caso a sujeira esteja visível, é preferível que se use água e sabão. Em outros momentos, preparações à base de álcool são igualmente eficazes na higienização.

Independente da solução escolhida, é importante que o produto (álcool em gel ou sabão) envolva toda a superfície de cada mão enquanto esfrega uma na outra, e que o processo dure, pelo menos, 20 segundos. A região entre os dedos e debaixo das unhas não deve ser esquecida ou negligenciada, pois é onde mais se concentram as bactérias.

Lavar corretamente as mãos é, sem dúvida, a rotina mais simples e eficaz na prevenção de infecções e doenças.

0 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Skip to content